Boas Vindas

Exmos. Senhores

O Serviço de Nefrologia do HSC será o responsável pela organização do Congresso da Sociedade Portuguesa de Nefrologia em 2020. Estamos atualmente em fase de preparação do programa que incluirá, como habitualmente, a abordagem da atualização existente nas áreas da Doença Renal Crónica, Diálise e Transplantação Renal.

A Nefrologia é uma especialidade abrangente que interage obrigatoriamente com diversas áreas clínicas. Estão a surgir novas áreas de intervenção que necessitam da colaboração da Nefrologia e que estão a contribuir para uma renovação do interesse por esta especialidade, tal como é o caso da cardio-nefrologia e da onco-nefrologia, entre outras.

Após um período prolongado com pouca inovação terapêutica em comparação com outras áreas médicas (1), existem atualmente algumas evidências que podem mudar a nossa pratica clínica: uma nova terapêutica para a Doença Renal Poliquística do Adulto que pode atrasar a progressão da insuficiência renal; os novos captadores de potássio que aumentam a margem terapêutica dos antagonistas do SRAA na Insuficiência Cardíaca e no Síndrome Cardio-Renal; os antagonistas dos recetores da vasopressina no Síndrome Cardio-Renal; os benefícios cardiovasculares do Ferro EV no tratamento da anemia na insuficiência cardíaca; os novos antidiabéticos orais, inibidores do co-transportador de Sódio-Glicose 2 (SGLT2) que inesperadamente reduzem o risco cardiovascular e melhoram os desfechos renais; os agonistas do recetor GLP-1 (Gliucagon like peptide 1) ou incretinomiméticos que estimulam a secreção de insulina de uma forma dependente da glucose e que promovem a redução do peso e a redução do risco cardiovascular; os antagonistas da endotelina na nefropatia diabética; as indicações e vantagens das novas moléculas no antagonismo mineralocorticoide na Diabetes, Insuficiência Cardíaca e Hipertensão Resistente; a inovação tecnológica com a criação de novas membranas de diálise denominadas de médio cut-off (MCO) que permitem a remoção de moléculas de médio a alto peso molecular (5-50 KDa) proporcionando uma terapêutica de “hemodiálise expandida”; a abordagem de infeções por bactérias multirresistentes e estratégias profiláticas na imunomodulação.

Estes serão alguns dos temas que gostaríamos de discutir.

Desejamos contribuir para este Congresso com a divulgação da nossa prática clínica no HSC em algumas áreas específicas de intervenção, nomeadamente a diálise peritoneal no síndrome cardio-renal e na evolução técnica no tratamento da HTA resistente.

Salientamos desde já a apresentação de uma abordagem inovadora da Fisiopatologia da Doença Mineral Óssea da Doença Renal Crónica centrada no osteócito que poderá dar origem a alvos terapêuticos alternativos.

Convidamos toda a Comunidade Nefrológica a estar presente no Congresso de 2020 e desejamos que os trabalhos enviados mantenham ou superem a qualidade apresentada nos Congressos Nacionais prévios.

(1) Challenges and opportunities for nephrology in Western Europe. Rondeau E, Luyckx V.A., Anders Hans-Joachim et al. Kidney International 2019: 95, 1037-1040


Teresa Adragão
Presidente do Encontro Renal 2020


Aníbal Ferreira
Presidente da SPN

Patrocinadores            
             
Platina            

           
Ouro            

         
Prata            

 
Bronze            

       
Media Partner